Sexo na terceira idade melhora consideravelmente o bem-estar

Sexo na terceira idade melhora consideravelmente o bem-estar

Todas as substâncias liberadas durante o ato sexual são fundamentais para uma vida saudável nessa fase.

Para algumas pessoas, relacionar sexo à terceira idade ainda é complicado. Os tabus acerca desse tema são muitos, mas, em contrapartida, o assunto também ganha cada vez mais destaque. Especialistas confirmam que a sexualidade após os 60 anos, além de melhorar a autoestima, pode ser um dos principais aliados para manter a saúde.

Segundo um levantamento divulgado pelo Programa de Estudos em Sexualidade da USP, mais de 65% dos brasileiros com mais de 60 anos mantêm a vida sexual ativa. Enquanto isso, de acordo com estudo publicado pela revista científica Sexual Medicine, na Inglaterra, comprovou que a atividade sexual entre os mais velhos melhora consideravelmente o bem-estar.

Ao fazer sexo o corpo libera vários hormônios e neurotransmissores que, quando combinados, são responsáveis por manter diversos aspectos da saúde em dia. Na terceira idade, o metabolismo desacelera, as dores físicas aparecem com mais frequência e outros transtornos também. Todas essas substâncias liberadas durante o ato sexual auxiliam na reparação desses pontos fundamentais para uma vida saudável.

Benefícios para a saúde mental

Entre os principais pontos positivos de manter a vida sexual ativa entre os mais velhos, estão a preservação da saúde cardiovascular e diminuição de dores nas articulações. Além dos problemas físicos, a saúde mental também é beneficiada. O estresse comum durante essa fase da vida e a ansiedade podem ser combatidos. E para completar, a autoestima fica lá em cima.

...

Publicado em:
23 mai 2019


Top