Relacionamento tóxico

Relacionamento tóxico

Especialista explica como esses hábitos se apresentam nas relações afetivas.

Embora possa ser difícil reconhecer os sinais de um relacionamento doentio quando é o seu próprio, é importante, ocasionalmente, dar um passo para trás e avaliar se você está feliz com a forma que as coisas estão acontecendo entre você e seu parceiro. Segundo a psicóloga e sexóloga, Sônia Eustáquia, existem alguns hábitos em uma relação tóxica que muitas vezes os casais acham normais porque os consideram “amor”. Entretanto, é bom ficar atento, porque essas atitudes são na verdade algo tóxico para o relacionamento.

De acordo com a especialista alguns sinais nos alertam para um relacionamento que está se tornando tóxico. “Seja ele um sinal de advertência de abuso físico, verbal ou emocional”, diz. Por isso, devemos ficar atentos às seguintes questões:

• Segurar o relacionamento como refém – quando qualquer discussão é motivo para ameaçar terminar ou divorciar;
• Falar em “charadas” e outras comunicações “fechadas”;
• Ciúme doentio;
• Culpar o seu parceiro por suas próprias emoções;
• Trazer competição no relacionamento;
• Até mesmo comprar presentes para sanar os problemas da relação.
• Parceiro que fica irritado (a) se você não está disponível;
• Critica a forma como você se veste;
• Não te deixa sair ou conversar com os amigos;
• Não te deixa fazer as atividades que você gosta;
• Levanta a mão para você quando está com raiva;
• Tenta forçá-lo a fazer sexo quando você não quer.

Hábitos saudáveis

Contudo, Sônia garante que é possível ter uma relação saudável e feliz. “Para isso o relacionamento requer comprometimento, maturidade e respeito, esses são princípios que fazem toda diferença na vida do casal”, afirmou. Além disso, ela aponta outras características para obter um relacionamento feliz:

• Confiança: é normal sentir ciúmes às vezes, porque o ciúme é uma emoção natural, mas o importante é a forma como reage à pessoa que sente ciúmes;
• Honestidade: é difícil confiar quando um parceiro não está sendo honesto;
• Boa comunicação: você nunca deve reprimir um sentimento sobre seu parceiro. È importante que digam o que pensam um do outro abertamente;
• Apoio: vocês devem se apoiar tanto nos bons quanto nos maus momentos;
• Igualdade: em um relacionamento deve haver um equilíbrio justo por parte de ambos, caso contrário, a convivência torna-se uma luta pelo poder;
• Tempo para cada um: em um relacionamento saudável concessões devem ser feitas e cada um deve aproveitar seu tempo livre como faziam antes de estarem juntos; não devem renunciar a ver seus amigos ou abandonar as atividades de que gostam.

...

Publicado em:
7 jul 2017

Categoria:

Sem categoria


Top