Dia dos Namorados para quem Odeia o Dia dos Namorados

Dia dos Namorados para quem Odeia o Dia dos Namorados

“Odeio o Dia dos Namorados” é título de filme de comédia tanto nos EUA (2009) como no Brasil (2013). O fato é que para muitos, o dia não tem nada de engraçado e ao contrário do que acontece na ficção, a implicância não é superada. Quem acha que isso é recalque de solteiros ou pessoas que não dão certo em relacionamentos está enganado. Entre os que namoram há muita gente que critica o 12 de junho também. Ser obrigado a comprar um presente, filas enormes em restaurantes e motéis lotados são as principais reclamações dos namorados no dia 12 de junho.

Para a sexóloga e neuropsicóloga Sônia Eustáquia a palavra de ordem é organizar-se, marcando tudo com antecedência. “O casal pode inovar e ir a um hotel ou uma pousada ao invés de enfrentar filas em motel. Reservar o restaurante romântico com bastante antecedência, comprar as flores e mandar que entregue na data. Ir hoje mesmo ou amanhã em um shopping para comprar o presente evitando lojas cheias. A namorada deve marcar o salão pelo menos uma semana antes. Não deixar nada para o dia ou última hora”, diz.

Este ano ainda temos um agravante para quem odeia o dia dos namorados. Dia 12 de junho de 2014 entra em campo, de um lado, a Copa do Mundo e, do outro, o Dia dos Namorados. O mundial chega ainda com a vantagem de ter o Brasil na estreia. Tem muito namorado por aí que já marcou o churrasco, reservou o horário para os amigos, só não comunicou os planos à principal interessada. Por isso, Sônia Eustáquia alerta principalmente os homens: “se antecipem, comemorem primeiro, deem presentes e mandem flores antes, porque no dia do jogo e dos namorados você vai poder ficar tranquilo para ver o futebol e torcer para o Brasil”.

A sexóloga comenta que é normal querer ver o jogo com mais amigos e que os namorados podem festejar em conjunto no dia, antecipando a comemoração romântica para o dia onze ou comemorarem só os dois depois, na sexta, dia 13 ou no sábado, dia 14. O importante é comemorar. Sônia também alerta aqueles namorados que estão prometendo a comemoração para depois do jogo. “Sempre há aquele que se excede na comemoração com os amigos, na cerveja e pode ser que não cumpra a promessa, então, mais uma vez, é preciso se antecipar para não brigar justamente num dia tão importante para o casal”, diz.

Para Sônia Eustáquia é preciso que tanto o homem como a mulher reconheçam a importância do 12 de junho. “A data quase sempre é um marco – um símbolo de compromisso – para lembrar com mais força o que representa aquele dia. É comum, quando fazemos um compromisso, nos esforçarmos para cumpri-lo. Às vezes isso trazer uma carga de estresse, mas, ao mesmo tempo, depois do compromisso cumprido a sensação é maravilhosa. Ela se sobrepõe a qualquer estresse sentido antes. Eu acho que sempre existe espaço para a criatividade e quem ama quase sempre se torna criativo. O casal pode ser espontâneo em suas ações o ano inteiro, mas, o dia dos namorados exige algo planejado, diferente e bom”, afirma.

dia-dos-namorados_1222_1600x1200

...

Publicado em:
4 jun 2014

Categoria:

Amor e Sexo Destaque


Top