Relacionamentos na era digital: é possível um relacionamento saudável através de aplicativos?

Relacionamentos na era digital: é possível um relacionamento saudável através de aplicativos?

Novas tendências de relacionamento crescem todos os dias e deixam alguns velhos jogos de conquista no passado.

Nos últimos anos, com a revolução digital, os relacionamentos mudaram drasticamente. Antes, iniciar uma conversa ou flertar com alguém exigia olho no olho, charme, um bom papo e tantas outras características. Porém, após a invenção dos aplicativos, sites de namoro e das redes sociais, um simples clique já é suficiente para demonstrar interesse e iniciar uma relação. Até mesmo a linguagem transformou-se.

As novas maneiras de se relacionar dividem opiniões. De acordo com a psicóloga e sexóloga, Sônia Eustáquia da Fonseca, relacionamentos na era digital podem ter características positivas e também negativas. “Por um lado, a eclosão dos sites e aplicativos de pareamento reformou os padrões de relacionamento. Por outro, suscitou questionamentos sobre a fluidez e profundidade dos laços construídos através destes mecanismos”.

De acordo com dados publicados pelo Tinder, um dos mais famosos aplicativos de relacionamento da atualidade, mais de 50 milhões de pessoas estão conectadas, desse número, 20% são brasileiros. A maioria são homens, porém as mulheres passam mais tempo navegando pelo aplicativo. Além disso, os dados mostram que apenas 54% dos usuários são solteiros. A sexóloga destaca que a ideia de anonimato nas redes pode ser o responsável por tal índice. “As pessoas acreditam que virtualmente é possível conhecer outras pessoas, sem que sintam trair seus parceiros”, comenta.

Mesmo que alguns utilizem as redes de maneira inadequada, muita gente usa os aplicativos com boas intenções. A psicóloga destaca que mesmo iniciados de maneira diferente hoje em dia, os relacionamentos atuais podem ser duradouros. “Os casais que se conhecem na rede tendem a estabelecer e a manter relações estáveis, duradouras, diversificadas e sinceras da mesma maneira daqueles que se conhecem na balada ou são apresentados por amigos”.

Expectativa x realidade

Enquanto inúmeras facilidades e possibilidades surgem, um problema recorrente tem sido em relação à honestidade. É muito comum deparar-se com perfis fakes e pessoas que usam as redes com má intenção. Sônia ressalta a importância de manter uma conversa e conhecer melhor o parceiro antes do primeiro encontro, ficando sempre em alerta aos detalhes cedidos da vida pessoal e afins. “Quando de fato a conversa evoluir para algo mais sério, é recomendado avisar a família e amigos, além de marcar em locais públicos e seguros”, lembrou.

Outro ponto importante é que nem sempre o virtual pode corresponder à realidade. Durante as conversas por aplicativos, algumas pessoas podem evidenciar apenas as qualidades. “Para que um relacionamento torne-se duradouro é preciso conhecer todos os lados do parceiro. Tal possibilidade só pode ser conquistada com o tempo e com sinceridade de ambos os lados”, garantiu a especialista.

...

Publicado em:
3 out 2018

Categoria:

Amor e Sexo Bem Estar


Top