Linguagem corporal

Linguagem corporal

A linguagem corporal é uma forma de comunicação não verbal.  Abrange principalmente gestos, postura, expressões faciais, movimento dos olhos dentre outras sutilezas.  A linguagem corporal é estudada pela cinesiologia, que é a ciência que analisa o movimento do corpo humano, a Programação Neuro-Linguistica, a Neurociência, a Psicologia, e a Oratória.

A linguagem corporal foi uma das primeiras formas de comunicação humana e continua sendo uma das mais fortes e expressivas.  Ela vem sendo utilizada a milhões de anos e está relacionada principalmente ao sistema límbico (mesencéfalo), a segunda estrutura mais primitiva do nosso cérebro.

É verdade que o corpo fala, e até mesmo uma pessoa que nunca estudou sobre o assunto é capaz de acertar sobre os sentimentos de uma pessoa através dos seus gestos, da postura e da expressão do rosto. Dizemos que uma pessoa faz um bom Rappaport com outra, quando além de fazer essa leitura corporal se coloca em correspondência. A comunicação efetiva começa a acontecer a partir do Rappaport.

Às vezes a postura de uma pessoa,  ao andar, sentar e falar passam dicas importantes para o terapeuta inferir traços da personalidade: Por exemplo, uma paciente que se senta carregando a bolsa bem abraçada e apertada ao corpo, pode estar querendo dizer que não se encontra à vontade e que não vai “soltar” fácil as informações acerca de seus sentimentos.

Uma pessoa cabisbaixa e andando devagar pode estar transmitindo que está deprimida.

A linguagem corporal é um item crucial no processo da sedução.  As mulheres, por exemplo, são atraídas por homens que têm postura corporal que demonstre ser confiante, dominante, desinibido e sorridente.

É através do corpo que nos comunicamos sexualmente. Observando essa linguagem não-verbal no momento do sexo, podemos de certa forma traçar o perfil do parceiro. Para isso é preciso observar muito e ter sensibilidade e mesmo assim podemos apenas “inferir” e nunca determinar radicalmente.  Em neuropsicologia, chamamos de controle inibitório e impulsividade o que nos freia ou nos guia para uma ação; e como fazer sexo exige mais impulsividade e menos controle inibitório, podemos notar  homens querendo fazer sexo através de sua linguagem corporal de maior impulsividade,  ou seja,  bastante desinibido, ele estará falando e seduzindo mais. Podemos dizer que uma pessoa que fica muito à vontade para fazer sexo, também  é mais “relaxado” no seu dia a dia e leva a vida sem muito estresse ; assim também, uma pessoa muito inibida na vida, também o será fazendo amor.

O que podemos interpretar sobre o perfil do cara, o que podemos esperar (como característica própria dele de um modo geral, não somente no sexo!) de um cara que:

– Olha nos olhos durante a relação sexual

Certamente é sincero e prefere relacionamentos com vínculos duradouros. Geralmente são homens sérios em tudo que faz na vida. Observar que é apenas uma inferência.

– Coloca as mãos no rosto da mulher para beijá-la

É um homem atencioso, delicado e possivelmente tem bom caráter.

– Prefere posições em que ele fica “por trás” (não fica face-a-face com a mulher e está sempre no controle do sexo)

Geralmente os homens que não ficam face-a-face com a mulher,  têm dificuldade com a intimidade e a fazer uma entrega completa. Pode ate representar uma pessoa com afetividade mais primitiva. Homens maduros afetivamente “encaram” a mulher, também fazendo amor. Quem viu o filme “guerra do fogo”, viu ali a evolução da sexualidade humana, no momento em que o casal (protagonista) procura a privacidade e mudam a posição, trocando o “por trás” pela posição face-a-face.

– Prefere que a mulher fique por cima

Essa posição privilegia o clitóris da mulher aumentando assim a possibilidade do orgasmo dela. Por isso, é muito bem visto o homem que convida a mulher para esta posição, porque está dizendo em sua linguagem corporal, que se preocupa com ela e que deseja o seu máximo prazer.

– Gosta da posição lado-a-lado e de envolver a mulher pelos braços

Esta também é uma posição que privilegia o clitóris, além de deixar a mulher muito a vontade com o seu corpo, para se movimentar em várias direções. Às vezes a mulher tem um pouco de vergonha de ficar por cima, e essa posição, lado a lado, por ser mais natural, vai treinando a mulher para comandar os seus próprios movimentos e assim conseguir o orgasmo. Os homens que gostam dessa posição geralmente também se preocupam com o prazer da mulher mais do que o seu próprio.

– Gosta de fazer massagem

São homens que gostam de dar prazer à mulher e por isso podemos inferir que têm  uma personalidade calma o que agrada a maioria das mulheres. Geralmente são homens que investem no processo de sedução e são considerados “bons de cama”.

– Gosta de receber massagem

Geralmente são homens sensíveis, pacientes e que gostam de ser tocados, independentemente ao ato sexual. Normalmente têm paciência e gostam de ver a mulher se despir de um espartilho cheio de botõezinhos. Geralmente as mulheres gostam de homens assim.

– Cria o ambiente com música e velas

São homens românticos e sedutores; e geralmente se preocupam com o prazer das mulheres. Quando a sedução acontece normalmente, a mulher pode confiar e pensar que teve sorte em encontrar um homem bom, mas, quando acontece em demasia ela pode desconfiar e passar a observar outros traços, nem tão bons assim, na personalidade do amado.

– Gosta de olhar o ato no espelho

As fantasias e fetiches são ações normais nas pessoas e principalmente em homens e olhar no espelho o ato sexual é um tipo de fetiche que chamamos voyeurismo. Olhando, pode-se  obter mais prazer sexual.  O homem voyeur, também pode conseguir prazer observando mulheres  nuas, em roupa íntima, ou com qualquer vestuário que seja apelativo para esse fim. O voyeurismo só não é normal, quando o homem prioriza ter prazer só olhando, em detrimento de fazer o ato.

– Não gosta/gosta de beijo na boca durante a transa

A maioria dos homens gosta, porque fazer amor convida o homem a recapitular todo o seu desenvolvimento sexual, em todas as suas fases. É normal e comum gostar de ir do beijo à penetração. Não gostar de beijo durante a transa,  pode estar ligado a não querer se envolver emocionalmente. O beijo,  pode representar muitas coisas, da expressão de amor à traição; por isso, antes de querer definir esse homem, é melhor prestar atenção e tentar compreender o porquê desse não beijo.

– Após a transa dorme virado de costas para a mulher, com um certo distanciamento na cama

É muito comum, mas, a maioria das mulheres não gostam de homens que viram de costas depois da transa, elas consideram que foram usadas e que não são amadas. As vezes eles só estão cansados mesmo, e temos que lembrar que depois do orgasmo, o organismo libera neurotransmissores que convidam mais ao descanso e ao sono do que ao bate papo. Só para lembrar: não custa nada fazer um agrado à mulher, mesmo estando muito cansado.

– Após a transa acolhe a mulher para que ela deite no seu peito

Essa conduta é a melhor que existe e gratifica a maioria das mulheres. Além das alegrias do orgasmo, o aconchego e o amparo completam o prazer feminino. É tudo de bom! Esse homem,  que deita a mulher em seu peito depois da transa, com certeza, sabe do que elas gostam. Geralmente são comportamentos de homens sensíveis, amorosos e bom caráter.

linguagemcorporal

...

Publicado em:
9 out 2014

Categoria:

Amor e Sexo


Top